NOTÍCIAS

Plantão da fiscalização de Ilhabela contabiliza multas, apreensões e embargo de obra

Pin it +1

Durante os dias de Carnaval, a Prefeitura de Ilhabela organizou toda a sua estrutura visando garantir a organização da cidade neste período de movimento intenso. Alguns setores estão trabalhando em sistema de plantão, como é o caso da fiscalização que durante esse período mantém equipes em atuação durante os dias e noites de folia.

Desde a última sexta-feira (9), já foram retirados de circulação seis sacos de 200 litros com recipientes de vidros apreendidos. No posto da unidade, montado próximo à Praça Coronel Julião, os fiscais também trocam as embalagens de vidro por plástico para o folião mais desavisado. No carnaval de Ilhabela também é proibido por lei o uso de spray de espuma.

Além disso, também foram lavrados três autos de multas por comércio irregular (comercialização em desacordo com a legislação) e dois autos de multa, sendo um para uma casa de eventos no Saco da Capela e outro destinado para um Yacht Club localizado no bairro de Santa Teresa.

“Além da multa, a casa de eventos também teve o alvará apreendido por este estar cancelado e ser apresentado à fiscalização como garantia para uso do espaço”, é o que explica o diretor de fiscalização, Alexandre Baptista.

Já na manhã desta segunda-feira (12), a equipe apreendeu 4 metros de pedra britada que seriam utilizadas para construção irregular no alto da Barra Velha. O local foi invadido e está catalogado como área de risco pelo IPT e IG. Ainda na Barra Velha, uma obra foi embargada logo no início da construção por não conter alvará.

Durante os dias de plantão, a fiscalização notificou dois estacionamentos localizados na praia do Curral que estavam sem licença para funcionamento. “O nosso objetivo é coibir o comércio irregular e as venda e consumo de bebidas em recipientes de vidro nas noites de carnaval e, durante o dia, também a comercialização em desacordo com a legislação e o crescimento desordenado”, salienta Baptista.

Para o prefeito, Márcio Tenório, há um compromisso com a cidade, por isso, também são necessárias ações que desagradam. “É necessário que cada um faça a sua parte. A administração está fazendo a dela, propondo ações para a organização e investimento nos bairros, mas por outro lado, precisa estar atenta e agir rápido para conter esse crescimento que há anos seguia de forma desordenada e irregular”, disse Tenório, acrescentando que as ações de fiscalização também são realizadas em grandes empresas. “Esses dois autos de multa expedidos para uma casa de eventos e a um Yacht Club da cidade mostram que não seremos tolerantes com irregularidades”, concluiu.

A equipe de fiscalização conta com o apoio da Polícia Militar.

Translate »