Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Ilhabela e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
28
28 MAR 2024
EDUCAÇÃO
Alunos da rede municipal de Ilhabela aprendem de forma lúdica com material pedagógico “Descobrincar”
enviar para um amigo
receba notícias
Os alunos da Educação Infantil de Ilhabela aprendem de uma forma diferente. Com o material “Descobrincar”, as aulas se tornam muito mais lúdicas e dinâmicas. O material tem por objetivo explorar as áreas do conhecimento, como desenvolvimento pessoal e social; a linguagem e comunicação; a descoberta do mundo e a matemática. É um projeto global pensado na formação integral da criança com soluções completas para o professor, aluno e classe, em que a criança aprende brincando.

A secretária de Educação, Lídia Sarmento, ressalta a importância do Descobrincar no aprendizado dos alunos. “Esse é um material maravilhoso de apoio ao trabalho do professor e ao processo de aprendizado dos alunos. Tudo o que vem no material é trabalhado de forma lúdica, mas extremamente séria, principalmente no segmento pré-escola. Ficamos muito felizes com tudo isso, porque essas oficinas auxiliam os nossos alunos no processo de desenvolvimento da memória, autonomia, trabalho em grupo e entre outros”, destaca.

Com o material do professor, é possível organizar todo o planejamento anual e tudo que será trabalhado. A professora Sandra Ribeiro, que ministra aulas na E.M. Ana Márcia de Jesus Santos, salienta a importância do uso do material em sala. “O Descobrincar é muito bom. Ele auxilia muito no nosso trabalho do dia a dia, principalmente na parte de alfabetização. É um material que possui letras grandes, então até aqueles que possuem dificuldade na coordenação motora têm mais facilidade no manuseio. Eles realmente aprendem brincando”, frisa. 

Além disso, o aprendizado continua em casa. Os alunos recebem atividades para serem desenvolvidas em casa e recebem livros para lerem com os pais. “Acredito que todo material que trabalha a didática junto com a criança ajuda a melhorar cada vez mais a parte de cognição, psicomotora e o desenvolvimento da criança”, destaca Clehomens Almeida de Azevedo, pai de Katharina Mollard, aluna da E.M. Iracema França Lopes.

O material utilizado em sala de aula se divide em quatro caixas, com etapas educacionais. A primeira é voltada para o desenvolvimento da linguagem oral e escrita das crianças, com contos e uso de fantoches que fazem parte do cotidiano escolar. Na segunda caixa são abordadas operações matemáticas simples, enquanto na terceira são oferecidas as atividades de complemento que sintetizam todo o conhecimento necessário. Além disso, há uma quarta gaveta com cards que trabalham a parte visual das crianças, com imagens de animais, materiais escolares, utensílios e entre outros. 

Com o uso do Descobrincar, em caso de transferência, os alunos podem se adaptar em um uma nova unidade com mais facilidade, visto que o ensino se torna mais padronizado.  

O conteúdo ainda pode ser utilizado com crianças de inclusão, como conta a diretora da EM. Ana Márcia de Jesus Santos, Marie Zeitler. “Os alunos de inclusão fazem parte dessa rotina e dependendo da dificuldade que ele tem, nós vamos adaptando para que todos possam aproveitar da melhor forma”, salienta.  

O coordenador pedagógico do projeto, Leonardo Azevedo, explica o porquê do projeto ser tão bem aceito pelas crianças. “Para a criança ela está apenas brincando, se você perguntar no fim do dia o que ela fez ela vai dizer que brincou. Ela brincou de contar, de fazer histórias e de escrever o nome do amigo, então para ela foi tudo uma grande brincadeira. Por isso Descobrincar, descobrir através da brincadeira”, finaliza.